quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Entre dedos

Entre dedos

trama desfeita                                             escape de agulha
você

me                                    roça                           me

     so

me

   fagulha

4 comentários:

  1. a fagulha com que coses
    as chamas com que cozes

    a trama rota
    a rota que tramas

    estas coisas e outros medos
    escapam por entre os dedos

    ResponderExcluir
  2. Poucas e certeiras palavras para um denso poema! Perfeito como passar a linha no buraco da agulga e conseguir na primeira tentativa!

    ResponderExcluir
  3. poucas e certeiras palavras para um poema denso. É como acertar a linha bo nuraco da agulha na primeira tentativa!

    ResponderExcluir
  4. É um sentir de dentro pra fora... e provocar nas palavras o retorno...
    Bjs!

    ResponderExcluir

Deixe suas pegadas por aqui