sábado, 6 de março de 2010

Rap na veia

Urubu clicado depois da bronca. Gaivota também perde as penas, oras!

Se você diz que levo tudo a sério e teimo que não

e se você acha que tudo nem é tão sério pra levar assim

tão na teima tão na queixa

eu me rebelo e digo a sério

que você é que teima em me deixar assim
então dispara a sua tara
sobre tudo que me leva
e me revela tudo o que me deixa
assim
à beira
da miséria.

2 comentários:

  1. Que versos fantásticos Suzanna. Essa forma poética me cativa e me tira o ar. Beijo.

    ResponderExcluir
  2. eita, quase travou minha língua. gostei.

    ResponderExcluir

Deixe suas pegadas por aqui