domingo, 15 de agosto de 2010

A poesia é um crime

A poesia surge de um querer
ser: eis o desejo.
A poesia é um crime
que se comete às claras:
finca na palavra a faca,
sangra na língua o ruído.

Um comentário:

  1. Uau! É bem por ai. Também ando numa fase de falar do verso e do poema. Não consigo evitar. beijo!

    ResponderExcluir

Deixe suas pegadas por aqui