domingo, 21 de novembro de 2010

silent

You're silent... mute...
like a nude
sculpture of light.

Where's your lust
influx of craving
and sight?

Um comentário:

  1. Lindo.

    "tudo que escoa em silêncio em tempo ecoa"
    http://fredbar.sites.uol.com.br/ra4.html

    ResponderExcluir

Deixe suas pegadas por aqui