domingo, 19 de fevereiro de 2012

Toada calada

Agarrado à força
o poema
no beco
a becas fechadas
se ata
baques abafam
a língua do poema
a cedilha pronta
a cedilha exposta
agarrada à forca
canta
calada
a toada


(em lembrança do poeta Mário Chamie)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe suas pegadas por aqui